Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, agosto 29, 2012

RONNIE GREEN

















 -----------------------------------------------------------------------
Ronnie Green de nome verdadeiro Rone Ney Marques Gonçalves, nascido em Porto Rico, cidade do Maranhão atualmente mora na Capital São Luís do Maranhão, Ronnie Green tem 29 anos de idade e 13 anos de carreira no Reggae. Uns dos seus maiores sucessos são as musicas Ghetto e Fofoqueiro. Ronnie Green tem várias parcerias com as cantoras Mirian Black e Rosy Valença. Ronnie Green é uns dos melhores cantores e compositores de Reggae do Brasil na atualidade.
Ronnie Green e Conexão Jah Reggae Band.A história da banda de reggae paraense com raízes no Maranhão ´´Conexão Jah Reggae Band´´ou simplesmente Conexão Jah iniciou-se em 2000 através de grandes influências dos sons caribenhos,como soca,calypso,salsa e outros de grande popularidade das ilhas tropicais sul-americanas juntamente com o grande expoente de sua musicalidade: A música de raiz brasileira, do choro e noitadas maranhenses foi fortalecendo a idéia de se expressar atravéz da musica. Assim foi aumentando o amor pelo próximo e a coragem de lutar com as palavras em favor dos povos mais humildes,e o dom de compor, grandes dificuldades que nos dá a força para seguirmos em frente sabendo que haverá um lugar melhor no fim da estrada. Nosso trabalho é levar ao público mensagens de paz e conforto lembrando que o Rei dos Reis há de voltar e o fim dos tempos está muito próximo.Componentes: • Chiman – vocalista, considerado um dos mais promissores front man do Reggae maranhense na atualidade; • Ronnie Green – cantor,compositor e grande intérprete de grandes hits; • Gleydison(Chita) – guitarrista solo, músico de grande habilidade, multi -instrumentista é a força das novas influencias na banda onde compõe e arranja grandes músicas; • Tiago (Black) – guitarrista base, grande músico muito conhecedor dos novos ritmos do reggae compositor de grandes hits ; • Cristina Santos – back vocal,de grande reconhecimento do público maranhense; • Nelson – baixista, destaque pela sua habilidade como instrumentista; • Algusto – baterista, integrante com passagem em uma grande banda de Rock em Belém a banda Baby Loyds, um grande profissional e amigo. “ Todas as pessoas deviam se unir Para fazer um mundo melhor . Nós como Banda temos a missão de transmitir paz e conforto espiritual ás pessoas que queiram ouvir a palavra de Jah.” Alguns Shows de destaque: • Festival de música Reggae music – interpretação; • Mirante fm – Festival de Reggae; • Planta e Raiz e Alpha Blondy; • Reggae pela paz – em Brasília; • Trama musical – uma das bandas revelacões em 2006. “ Oh Jah ilumine o coração de nossos opressores pra que nos libertem desse cativeiro porque nos so desejamos o melhor para os que nos ferem ”
--------------------------------
http://augustopesquisador.blogspot.com.br/2009/05/ronnie-green.html

terça-feira, agosto 28, 2012

ODOIÁ






















 --------------------------------------------------------------------
Há oito anos, enquanto nadava em Santa Terezinha, no Litoral Norte gaúcho, o músico Luano Soares esteve à beira da morte.Ele afogou-se e, por alguns momentos, achou que não resistiria.
Foi quando, conta, enxergou a imagem de Iemanjá. Desde então, por considerar-se abençoado, usa a expressão Odoiá, uma saudação à rainha do mar, para celebrar a vida.
Foi com esta inspiração que surgiu em 2001 a banda Odoiá, que faz reggae de raiz. O grupo, nascido no Bairro Bom Jesus, passou por várias formações. Hoje, conta com luacas (baixo), Matio (guitarra), Linguiça (bateria), Caveirinha (guitarra) e Walmor (teclado), além de Luano no vocal.
Engana-se quem pensa que canções consagradas do Rei do Reggae, Bob Marley, como Is This Love e Redemption Song, passam pelo repertório dos gaúchos.
Seria clichê demais. Se dedicam a tocar outros nomes como O Rappa, Ponto de Equilíbrio e Natiruts. Até porque a banda tem músicos que vêm de todos os ritmos ,explica Luano.
- Músicas têm mensagens:
Com um CD gravado ´´No Caminho da Paz´´, com 11 faixas próprias , o grupo apresenta-se em casas da Região Metropolitana e no Entre Bar, na Cidade Baixa. O disco foi feito de maneira quase artesanal, em um estúdio montado na casa de Luano, na Bonja, onde eles também ensaiam.
Com canções como Esse É Meu Lugar e No Caminho da Paz, os regueiros passam a sua mensagem de paz e de união entre os povos , traço típico das letras de Bob Marley.
Por morar perto de locais onde a droga corre solta, especialmente o crack, o Odoiá usa a música para conscientizar os jovens para que fiquem longe disto.
Sabemos que a música é um agente que tem o poder de afastar a galera da pedra , afirma Luano.
-----------------
Odoiá:
Luano Soares: Vocal
Mátio: Guitarra solo
Kaverinha: Guitarra base
Lucas: Contra baixo
Marcelo : Percussão
Fabio: Bateria
 -----------------------------------------------
 http://palcomp3.com/odoia/

segunda-feira, agosto 27, 2012

CÉLIA SAMPAIO






















--------------------------------------------------------------------
Célia Sampaio (São Luís do Maranhão, 30 de março de 1964), é uma cantora e compositora de reggae.  Cresceu no Bairro da Liberdade, uma região de classe baixa, formou-se em enfermagem, também produz corte e costura ligados elementos africanos.  Em 1984, Célia Sampaio começou a cantar no Bloco Afro Akomabu, primeiro bloco afro do carnaval do Maranhão. Canções do Ilê Aiyê e Filhos de Gandhi, ambos da Bahia foram algumas das músicas interpretadas por ela durante a Folia de Momo.  Também fazia parte do corpo de baile da Companhia Barrica ao lado da também cantora maranhense, Rita Ribeiro.  Era a única mulher a integrar a banda Guethos, a primeira banda de reggae a tocar no palco do Teatro Arthur Azevedo, um dos antigos do Brasil, que fica na Cidade dos Azulejos na capital do Maranhão.  Fez apresentações na Alemanha, e também no Estado do Pará. Atuou como Backing Vocal de cantores de reggae internacional, tais como, Erick Donaldson e Judy Boucher.  Em 1999, partiu para a carreira solo abandonando a banda de reggae, e integrou o Projeto Nordeste, fazendo a abertura do show de Rita Ribeiro no Sesc-Pompéia, no Estado de São Paulo.  Esse show foi importante para a divulgação de sua carreira, com ele ganhou visibilidade diante de outros artistas da música brasileira, como: Virginia Rodrigues, Mestre Ambrósio,Leci Brandão, Chico César e Nação Zumbi.  Em 2000, Célia lançou seu primeiro CD solo intitulado "Diferente", composição de Zé Lopes e que dá nome ao disco. O CD ainda trazia composições de Paulinho Akomabu, Alê Muniz, Mano Borges e outros compositores maranhenses já reconhecidos no estado. Este disco deu à Célia Sampaio, o prêmio Universidade FM, prêmio mais importante da música maranhense. Seus maiores sucessos são todos de um compositor maranhense chamado Paulinho Akomabu, no Reggae a música Black Power e no afoxé Ayabá Rainha.  Participou de discos de cantores como Zé Lopes, das bandas de rap, Clã Nordestino e Banda Reação, do bloco afro Akomabu, da Universidade FM, do CD do MST, interpretando a música Passamento (Joãozinho Ribeiro) e outros. Célia também já vez backing vocal pra cantora maranhense e sua amiga, Rosa Reis.  No ano de 2009, Célia Sampaio participou do show SOS Maranhão realizado pela cantora Alcione, sua conterrânea, que foi um movimento solidário para com as pessoas que tiveram suas casas devastadas pelas chuvas no Estado do Maranhão.  Sua trajetória na música maranhense e brasileira lhe valeu o título de "Dama do Reggae!", porque num período onde somente homens se destacavam nesse estilo musical, Célia Sampaio surgiu ao soltar sua.  No ano de 2011 recebeu o Troféu Black Power, uma festa que premiou os maiores artistas do Reggae do Maranhão. Neste evento Célia Sampaio foi a homenageada principal.  No carnaval de 2012, Célia Sampaio foi homenageada pela escola de samba Unidos de Ribamar que cantou o bairro da Liberdade, local onde a cantora nasceu e viveu grande parte de sua vida.  Consagrou-se campeã da 8ª Mostra de Música do Bloco Afro Akomabu interpretando a canção Negro Axé dos irmãos Marco e Henrique Duailibe para o tema Ilha Negra de São Luís.  Atualmente divulga o CD Oyá que traz regravações de Reggae e Afoxé cantados por Célia Sampaio nos últimos anos...
----------------------------
  http://www.celiasampaio.com/

Discografia

domingo, agosto 26, 2012

SEMENTE REGUEIRA





















-------------------------------------------------------------------------
A banda Semente Regueira,de Guarulhos,São Paulo, surgiu no final do ano 2000 com fortes influências das raizes do reggae jamaicano: Burning Spear, Gladiators, Israel Vibration, Bunny Wailer, Abyssinians, Bob Marley, Peter Tosh, Black Uhuru, etc...
Desde o início preservaram as músicas próprias, as letras que falam das nossas lutas contra as desigualdades sociais, miséria, discriminação, entre outras; mas o principal objetivo da banda é de transmitir aos irmãos as palavras do nosso grande e glorioso Jah que nos ensina a respeitar o nosso irmão, amar ao seu próximo como a si mesmo...
Jah Proverá...
Integrantes -Danilo - Guitarra. Cleber - Teclado -Fabio Soares - Voz/ Guitarra -Quende - Baixo     Fernando - Bateria
------------------------------
http://tramavirtual.uol.com.br/semente_regueira

sexta-feira, agosto 24, 2012

CULTIVO






















 --------------------------------------------------------------------
Cultivo ,banda de Florianópolis, Santa Catarina ,vem propor uma forma de relacionamento humano. Com letras consistentes e músicas dançantes, Cultivo cria um ambiente amoroso, que favorece o entendimento entre a humanidade, e induz a um estado harmônico com a própria essência. "A banda estimula o desenvolvimento da espiritualização de cada um independente das crenças religiosas específicas. Só através da espiritualidade a humanidade pode atingir um estado de convivência e interação harmoniosa e plena” (Pedrada). Cultivo teve origem em janeiro de 2004, quando os amigos integrantes das extintas bandas Ganjah Zumba, Jahmin e Canoazu, se reuniram para formar o conjunto. A banda busca inspiração na natureza, ritmos da Jamaica, reggae, ska, dub, brasileiros e outros, figurando no repertório alguns covers de Bob Marley, Gregory Isaacs, Gladiators, Midnite e outros representantes do reggae roots. Cultivo gravou seus 3 álbuns; Árvore Urbana - 2006, Orgânico - 2009 e Um Pouco de Cada em outubro de 2009 de forma independente..
Com um groove de primeira qualidade, o ritmo quente do Cultivo vem se espalhando por São Paulo e Florianópolis. A banda é formada por Alex "Mr. Haiashida" (percussão), Angela Beatriz (Vocais), Caio "Gafanhoto" (teclado), Cristian Jonatan (Bateria), Danilo Beccaccia (Guitarra), Kristian Korus (Baixo), Pedrada (Vocais) e Vito Lorenzoni (Saxofone). ..
----------------------
http://www.myspace.com/bandacultivo

quinta-feira, agosto 23, 2012

PETER TOTY

















 ---------------------------------------------------------------------
Peter Toty ,ou simplesmente Toty,é o melhor cantor de Reggae do Maranhão eleito por todos os tipos de pesquisas. Toty é evangélico tem um carisma muito grande e conquistou muitos fãs no Brasil. Já fez vários shows no Brasil, inclusive em Brasília. Para todos que gostam do reggae eletrônico do Maranhão, Toty é um dos melhores cantores de Reggae eletrônico Maranhense. Com as músicas como a melô de Érica, Liberdade, Mesake Veloso, Sacrifício, Leila, Fé em Deus, Quadra, Sônia, Letícia, Jesus, Jah, Fogo e entre muitas outras, Toty é realmente um grande nome do reggae Brasileiro atual. Toty mostra mesmo o swing do reggae nos shows, onde se apresenta com a sua banda chamada Freedom.A Hot star Record, é uma gravadora do Maranhão que vem investindo em cantores como Toty, Dub Brown,Simon Brown, Ronnie Green e vários outros...
-------------------------
 http://reggaegen.blogspot.com.br/2010/02/peter-toty.html

terça-feira, agosto 21, 2012

ARCANJO RAS






















-----------------------------------------------------------------
Arcanjo Ras,artista de São Paulo,capital, é hoje um dos nomes mais fortes do Ragga no Brasil.
Nascido Robinson Rocha de Souza, Arcanjo Ras é apaixonado por música e caminha de mãos dadas com ela desde 1997, quando ainda era Dj. Esta atividade o aproximou do Ragga que desde então é parte indispensável de sua vida.
Já passou pelas principais capitais do País, gravou com diversos artistas do Brasil, Jamaica, França, Argentina, E.U.A entre outros.
A influência do cantor está na música e suas suas mais diversas formas.
 Os primeiros trabalhos lançados por Arcanjo Ras foram Respeito e Amor Sempre, K-Rootz/2007 e Mixturagga, Indie/2008. Agora ele prepara um albúm quentinho, inovador e inédito no País. Aguardem..
 O cantor já foi integrante do Coral Erudito de São Paulo e do Coralusp (Coral da USP).
Atualmente Ras estuda Canto Lírico com o conceituado Barítono Eduardo Paniza e também faz parte do Coral Sírio Libânes...
 Logo conheceu o reggae e consequentemente a cultura Rastafari, disciplina esta que vive até hoje. Mais maduro musicalmente desenvolveu um estilo e métrica diferenciada e própria, se aprofundou no ragga utilizando o ritmo como raiz de trabalho. Suas influências no canto são diversos cantores de ragga espalhados pelo mundo e também cantores de outros estilos como rap, soul, blues e jazz. Sua versatilidade faz com que Arcanjo Ras consiga desenvolver e marcar forte seu vocal em qualquer ritmo ou estilo, desde shows de drum'n'bass fazendo participações com grupos como Drumagick e Greve, até o ragga tradicional e forte juntamente com a Família 7 Velas e Echo Sound System. Juntamente com esses grupos e em trabalhos solo, fez apresentações em grandes casas como Credicard Hall, Sesc, Via Funchal, Lov.E, Funarte, Vegas, Sarajevo, Outs, Urbano, Susi In Transe, Mood, Funhouse, StudioSp, e em alguns programas da MTV como Gordo a Go Go, Banda Antes, Gordo Freak Show e Yo!Mtv Raps, além do Pro Rad (Sportv). Também fez shows no Rio de Janeiro, Curitiba, Canela e Florianópolis.
Seu primeiro álbum solo "Respeito e Amor Sempre" foi lançado em 2007 pela K-Rootz Records. Em outubro de 2008 o selo Don Dada Clan lançou a “Mixturagga”, um apanhado de toda a carreira de Arcanjo Ras com 56 músicas mixadas pelo selecta alemão Lord C. Lecter
---------------------
www.arcanjoras.blogspot.com
 

domingo, agosto 19, 2012

REGGALIZE






















 ---------------------------------------------------------------------------
A Banda Reggalize foi formada em 1999, em Guarulhos – São Paulo, quando alguns amigos decidiram montar uma Banda de Reggae. Eles já tocavam há algum tempo em outras Bandas de outros estilos, mas queriam algo novo e diferente. Começava aí a luta para conseguirem seu espaço no Cenário Reggae.
A Banda recém-formada, de nome Aloha, partiu então com a cara e a coragem para mostrar seu valor, e logo de cara abriu o show do artista do Suriname David Hubbard, onde tiveram seu primeiro contato com a galera que realmente curtia o Som de Jah.
A partir deste grande acontecimento, os convites não pararam mais de surgir e os shows foram crescendo e eles perceberam que estava no momento de partir para o seu trabalho próprio.
Nessa altura, conheceram uma das melhores Bandas de Reggae do Brasil: Tribo De Jah que auxiliou e passou muita vibração positiva. Para a gravação do CD, a banda Aloha teve de mudar de nome e passou a se chamar Reggalize, devido a problemas com registro. Nada abalou as estruturas e pilares dos integrantes.
A Banda  Reggalize partiu com toda garra para a gravação do primeiro CD, que conta com a participação do percussionista e vocalista da Tribo De Jah: Zé Orlando.
A gravação do primeiro CD - Nação Verde e Amarela (2001), totalmente Independente, conciliado com seus trabalhos respectivos, só ajudou no amadurecimento dos integrantes.
Após a gravação, enfrentaram vários problemas, mas a força de vontade e a certeza de que algo estaria por vir, fez deles verdadeiros Guerreiros.
O lançamento foi feito numa casa de shows de Guarulhos, onde aproximadamente 2.500 pessoas curtiram o reggae da Banda Reggalize e de mais duas Bandas muito respeitadas do Cenário Reggae: Rastafari Mix (SP) e Mystical Roots (MA).
A Banda Reggalize já se apresentou ao lado de várias Bandas de Reggae como: To Fly (SP), Maskavo (DF), Raízes Rasta  (SP), VIBRAÇÕES De Jah (SP), Tribo de Jah (MA), Ponto De Equilíbrio (RJ), Leões De Israel (SP), Adão Negro (BA), Jah Live (DF), Filosofia Reggae (SP), Medida Salvadora (SP), entre outras e levando a sério o caráter social da Reggae Music, já participaram de diversos Eventos Beneficentes e em conjunto com a Prefeitura da Cidade de Guarulhos.
Subindo um degrau a cada dia, mostrando seu Trabalho, a Banda Reggalize parte agora para a gravação do seu segundo CD, com nova formação e novos sons, novas pegadas, e muito Reggae, contando com a produção musical de Zé Orlando, ex Tribo De Jah...
Membros:Júnior Tatú:Bateria,Sydney Vitório:Guitarra Rítmica,Diego Diaz:Vocais,Fabrício Comelli:Baixo e Leandro Hamed:Guitarra Solo..
-----------------------------------
 http://palcomp3.com/reggalize/

sábado, agosto 18, 2012

JAH I RAS

















-------------------------------------------------------------------
Após oito anos de trabalhos a banda paulista Jah I Ras,de São Paulo, é hoje um dos grandes nomes em ascensão no cenário reggae Brasileiro, já excursionaram por algumas das principais capitais do país (Belo Horizonte, Maringá, Londrina, Curitiba, Itacaré, Ilhéus, Florianópolis e praticamente toda São Paulo fizeram parte da rota), participando de grandes eventos culturais e privados, abrindo shows para bandas int
ernacionais e nacionais entre elas; The Wailers -Banda que tocou com Bob Marley (Kingston - Jamaica), Groundation (California - EUA), Tribo de Jah (Maranhão -BR), Edson Gomes (Bahia - BR), Ponto de Equilibrio (Rio de Janeiro - BR).
Nesse ano Jah I Ras também apresentou uma grande novidade a todos seus fãs, acompanhando o renomado artista Jamaicano Pablo Moses como banda de apoio para seus shows que foram realizados em todo território nacional.
A banda se destaca por suas letras fortes e conscientes, com um Reggae engajado na Cultura Rastafari e já vem sendo considerada por músicos, imprensa e público uma das maiores revelações do gênero no Brasil, ganhando inclusive os prêmios de:
“Banda Revelação do Reggae Nacional em 2006”, (Premiação Expresso Brasil)
“Banda Destaque 2007”, (Premiação Kaskatas Music).
Interesses da banda
Contatos para shows, eventos e vivências.
Aproximação dos admiradores do trabalho com os integrantes.
Permanecemos contribuintes e aspirantes da vida agrícola e comunitária, zelando pelos estudos eternos dos antigos Profetas e Anciãos. E sustentando o Reino Espiritual entre nós, aqui na terra.
Outros artistas que gostam:
The Wailers, Bob and Marley's Family, Burning Spear, The Congos, Israel Vibration, Groundation, Midnite, Ras Michael, Dennis Brown, Third World, Chinna Smith, Black Uhuru, Peter Tosh, Bunny Wailer, Rastafarians, Dezarie, Sly and Robbie, Steel Pulse, Aswad....
Membros :Ras Kadhu - Vocal e Guitarra .Ras Fernando Alves - Guitarra e Backing vocal. Bruno "Macaco" - Baixo. Sérgio "Tosh" - Bateria .Eduardo "Jazz man" - Teclados. Fabrício "Jah Fyah" - Percussão ..
O último trabalho deles foi um video-clip gravado na Etiópia chamado ''Back To Afreeka'' ,abril de 2018..
---------------------------
www.myspace.com/jahirasband

quinta-feira, agosto 16, 2012

FILOSOFIA REGGAE
















-----------------------------------------------------------------
Filosofia Reggae surgiu há 8 anos em São Caetano do Sul, cidade do ABC paulista. Sua trajetória é marcada por uma tragédia e por desentendimentos entre seus membros fundadores. No inicio formavam a banda: Veto (Vocal), Português (Baixo), Sandro (Guitarra), Japonês (Guitarra), André (Bateria) e Wagner (percussão). Logo nos primeiros shows a banda chamou a atenção da cena Reggae na época e essa formação foi se consolidando até que Veto, líder da banda, convidou Denise de Paula para dividir os vocais. Logo após a entrada de Denise começam os planos e escolha de repertório para as gravações do primeiro CD. Mas o assassinato de Veto adia esses planos e traz as primeiras mudanças na formação da banda. Da formação original ficam Português, André e Denise e entram Lia (Teclados), Zé (Guitarra) Danusa e Daiane (irmãs de Denise nos Backing vocais). Com essa formação a banda grava o CD “Real Situação”, lançado em 2002. Com o sucesso do “Real Situação” resolvem gravar um CD ao Vivo e registrar a empolgação do publico durante as apresentações da banda e lançam “Filosofia Reggae – Real Situação Ao Vivo” com duas músicas inéditas e 3 clipes. Logo após o lançamento surgem os primeiros desentendimentos pessoais e com isso Português e Lia deixam a banda. Com isso ,Denise e as irmãs, Danusa e Daiane, assumem o comando da banda com uma filosofia: cantar pra sobreviver e esquecer os problemas. Como a Fênix, ave mitológica, o Filosofia Reggae ressurge de suas próprias cinzas e da inicio a uma nova caminhada rumo ao sucesso. Desde então, com muito trabalho e esforço, conseguiram se destacar no mercado com o sucesso alcançado com a música “Sentimento Bom” executada nas principais Fm’s do Brasil e agora se preparam para lançar um novo álbum. “Só Pra Alegrar seu Dia” é o primeiro single do novo trabalho. Composta por Danusa ,a música já começa a chamar a atenção do publico nos shows e a tocar nos principais programas de reggae do Brasil. Mas como marca da Filosofia, novamente cruzam uma nova etapa, onde Denise vocalista da banda ,decide seguir seu caminho, deixando o trabalho, abrindo mais um espaço para mais umas das irmãs da brilhante e talentosa Família de Paula, hoje somando a Dana David e Nina Root’s está Domenica, a mais nova backing-vocal da banda , e é desta maneira que todos verão o Filosofia Reggae daqui pra frente. Jah Bless!!..
-------------------------------
 http://www.myspace.com/bandafilosofiareggae

quarta-feira, agosto 15, 2012

VELL RANGEL & A MAPHIA






















 -------------------------------------------------------------------
Vell Rangel, cantor e compositor de muito talento, arranjador, multi instrumentista, nascido em Alagoas e criado no bairro de Realengo, zona oeste do Rio. Conheceu o reggae no inicio dos anos 1990, e logo se deixou envolver por toda essa magia do ritmo Jamaicano, iniciando assim,sua tragetória como vocalista da extinta Marleyando, banda que alguns anos depois e com uma nova formação, se tornaria a consagrada Bob Marley Cover, um projeto paralelo, que fez muito muito sucesso no Rio, e deu grande vizibilidade ao artista. Em 2002, lançou seu primeiro CD, intitulado “A Luta Continua”, esse trabalho, o levou a alguns dos maiores palcos do país( Claro Hall, Mourisco, Scala,Teatro Rival, Fundição Progresso, Circo Voador, Bar Opinião em Porto Alegre), e sempre acompanhado de grandes expressões do gênero ( Cidade Negra, Natiruts, Sine Calmon, Edson Gomes, Ras Bernardo, Dionorina...).
Nesta mesma tour, o artista viveu um dos seus grandes momentos, ao ser convidado para abrir uma apresentação da lendária The Wailers Band, a eterna banda do mestre Bob Marley. Agora, Vell vem acompanhado( e muito bem), por sua nova banda, a Maphia, marcando o inicio de uma nova fase. Essa parceria já rendeu bons frutos, pois no ano de 2007, foi lançado seu novo CD, “Respeito”, um trabalho autoral e totalmente independente. Junte um groove único e inconfundível, arranjos bem elaborados, belos vocais e canções que misturam o bom e velho “roots”,passando pelo hip-hop, com uma pitada bem brazuca de samba, e taí, esse é o som da Maphia,é música, verdade e poesia,sinta a energia.
Acompanhando Vell Rangel, a Maphia traz: Mister (percussão) e Leonardo Luz ( bateria) ..
---------------------------
 http://www.myspace.com/vellrangeleamaphia

terça-feira, agosto 14, 2012

RASTA JOINT















--------------------------------------------------------------------
A banda Rasta Joint surgiu nos idos de 1993, influenciada pelo swing da música negra, como o Funk, o Soul e o Reggae. A primeira formação contava com guitarra, baixo, bateria e vocais, e o seu repertório com Jorge Benjor, Ed Motta, Skowa e a Máfia, Tim Maia, Bob Marley, Peter Tosh, Edson Gomes, etc..
 Com o passar do tempo, a vida levada em Viçosa (MG) e o contato com a terra e com a natureza, fizeram com que a banda se dedicasse ao Reggae Raiz, não só como estilo musical , mas também como estilo de vida, com a dedicação à natureza, às forças divinas, às plantas medicinais, à alimentação natural, ao sentimento de irmandade e união entre as pessoas. Após dois anos de existência, a banda começa a compor suas letras e músicas e lança uma Demo-Tape com cinco composições próprias, marcadas pelo Reggae Raiz, pelo teor crítico e sincero de suas letras e pelas participações de Chico Costa (sax), Djalma Pereira (flauta) e Shandra Mani (vocalize indiano).
O Rasta Joint pega a estrada em 97 e faz shows históricos como com a Tribo de Jah no Circo Escola Picadeiro (SP), com Rappa e Paralamas do Sucesso em Viçosa (MG), com Mestre Ambrósio em Belo Horizonte, com Nativus e Tribo de Jah no Festival na Serra da Moeda (MG) entre outros. O Rasta Joint pega experiência e se torna cada vez mais seguro e consistente. Nessa época suas influências eram Steel Pulse, Black Uhuru, Aswad, Israel Vibration, Gilberto Gil, Tribo de Jah, Edson Gomes… 

----------------------
http://www.lastfm.com.br/music/Rasta+Joint
surforeggae.com.br (fotografia)

segunda-feira, agosto 13, 2012

VIAJANTES DE SIÃO


















-------------------------------------------------------------
Viajantes de Sião é uma banda de reggae roots de São Thomé das Letras - sul de Minas Gerais , que tem como objetivo levar uma mensagem positiva , de amor, paz e trazer a palavra de Deus atraves de um ritmo que contagia e traz uma energia positiva. não esquecendo que somente com Deus no coração conseguiremos vencer a babilônia e tudo que esse mundo nos oferece,e que a paz esteja com todos vocês.. Formação da banda: Beto Rasta- Vocais, guitarra base e flauta. Bicudo- guitarra solo e backing vocal. Duda -baixo. Frajola - teclados e backing vocal. Rafa - bateria. Marcelo Pão - Percussão..
Viajantes de Sião voltando ás raízes!
Já gravaram 1 álbum chamado ´´Reggae é Luz´´
------------------------
www.myspace.com/viajantesdesiao

sábado, agosto 11, 2012

MYSTICAL ROOTS















 -----------------------------------------------------------------------
Mystical Roots é uma banda de reggae e ska sediada em São Luís do Maranhão. A banda surgiu em 1994, no entanto o seu primeiro cd só saiu do estúdio em 2003, Mystical Roots - ´´Pras Bandas De Lá´´,que trouxe como temas :Pajelança,Amarelô,Xeque-Mate, Secret Blue,Vou Pro Mar,Black and Gold, Zambaê,Pras Bandas De Lá,Django,Amarelô (dub),Secret Blue (dub),Black and Gold (dub), Zambaê (dub)Vou Pro Mar (dub),Django (dub) e  Pisa na Fulô..
 Depois de se consagrar em São Luis do Maranhão - Terra de Tribo de Jah, Zeca Baleiro e Rita Ribeiro- como a melhor banda da cidade nos últimos tempos, Mystical Roots está em São Paulo.Seus integrantes, vindos de vilarejos da Música, convergiram aos guetos e estradas do Roots Reggae, e temperaram seu som com ritmos escaldantes, bebendo da música popular nordestina, ritmos folclóricos maranhenses, grooves da era disco, Ragga - Muffin, Ska, Dub, Baião e Bumba-meu-Boi mas com uma tendência indiscutível de preservar o Reggae De Raíz genuíno produzido no Maranhão. Muito de sua força vem das letras, que não querem politizar ninguém, mas lança sinais: a complexidade dos sentimentos humanos, o resgate da amizade, o valor da união, a busca pela paz interior sem dogmas, e a preparação para a nova fase da consciência espiritual pautam as linhas e as entrelinhas das canções.
A Mystical já tem estrada,fez mais de 300 shows no Maranhão, terra onde a banda surgiu em 1994,e cerca de 200 pelo Brasil, destacando então o Maranhão Roots Reggae Festival Capixaba De Reggae, Festival Vitória em Paz ,Festival Internacional da música de São Luis entre outros.
Em Sampa, a Mystical juntou-se a músicos locais que contribuíram ainda mais para a diversidade sonora do grupo e participou de festivais do gênero, se apresentando em várias casas de shows do interior e da Grande São Paulo: Estância Alto da Serra; Aramaçã,KVA; Expresso Brasil; Reggae Night etc...
Toda essa trajetória culminou no primeiro CD da banda. "Pras bandas de lá" apresenta um Reggae com swing brasileiro...Uma fusão do genuíno Reggae de raiz , ritmos populares e folclóricos maranhenses, com um tempero de influências diversas.
A banda é uma das pioneiras em DUB no país incluindo 6 versôes desse gênero musical no disco de estréia. O repertório só de composições próprias, mostra a proposta da banda de romper com alguns clichês do movimento Reggae. Sem querer politizar ninguém, as letras simplesmente sinalizam uma conexão com o resgate da amizade, valor da união e a busca pela paz interior sem dogmas.
A Mystical recebeu o prêmio de melhor CD de Reggae de 2002 pela Radio Universidade do Maranhão, um dos principais prêmios Da Jamaica Brasileira..
A banda agora prepara o novo CD, que será produzido por Fauzi Beydoun e distribuído pela Universal / Indie Records.
 Porém, ao longo destes anos, a Mystical Roots vem fazendo shows em diversas partes do Brasil, e no seu repertório estão incluídas canções em português e em inglês. Integrantes :Luciana Simões(vocal) , Junior Echoes(vocal) ,Ivan Monteiro(guitarra) .Márcio Diniz (teclados) ,Ricardo Jansen(baixo)  e  Giuliano(bateria)..
---------------------------------
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Mystical_Roots
 http://inutiliastruncat.blogspot.com.br/2008/08/mystical-roots-pras-bandas-de-l.html
 fotografia:surforeggae.com.br
Mystical Roots
Informação geral
Origem São Luís, Maranhão
País BRASIL
Gêneros Ska, Reggae
Período em atividade 1994-atualmente
Página oficial

quinta-feira, agosto 09, 2012

SALOMÃO DO REGGAE






















 -------------------------------
Cantor e compositor, Salomão nem sempre teve o Reggae como seu sobrenome artístico e estilo musical. Antes, cantava e era da tribo do Soul, combinava o cinto e o sapato, como ele mesmo diz.  Mas foi numa noite de muitos questionamentos e pouco sono em sua casa na cidade de Cabo Frio, que Salomão pegou seu violão e partiu para a praia com intuito conversar com Deus vendo o sol nascer. Foi quando sentado em um deck a beira do mar com seu velho violão, Salomão ouviu a voz de Deus que lhe deu a belíssima canção Jesus, o sol e o reggae. Daí pra frente Salomão do Reggae, como é chamado hoje, passou a combinar o ritmo jamaicano com adoração a Deus,o chamado reggae gospel,com o masioe expoente internacional o grupo americano Christafari.
 Salomão do Reggae possui várias canções conhecidas, são elas: , Menina Tatuada, Baseado em quê, Neura, Dance o Reggae, entre outras..
----------------------------
http://www.ibbetania.com/2010/12/28/salomao-do-reggae/

quarta-feira, agosto 08, 2012

QUILOMBO ROOTS REGGAE
















-------------------------------------------------------------------
Em Governador Valadares ,Minas Gerais, por volta do ano 2000, amigos se uniram com o objetivo de transmitir mensagens de críticas sociais, paz, amor e união; através do Reggae em seu estilo "Raíz", ou seja, como o tocado na origem do ritmo (Jamaica, década de 70). Iniciaram a busca por pessoas com os objetivos semelhantes, até que em meados do ano de 2001, surgiu a Banda Quilombo Roots Reggae. Dando ênfase ao reggae raíz, com influências internacionais como : Bob Marley, Israel Vibration, Peter Tosh, Alpha Blondy, Jacob Miller, The Abyssinians, The Gladiators e nacionais como: Cidade Negra, Adão Negro, Tribo de Jah, Edson Gomes, Ponto de Equilíbrio, Skank, Natiruts entre outros.  Apresentações   Em 11/03/02, a banda se apresentou pela primeira vez em público, e de lá pra cá foram diversas apresentações  incluindo festas tradicionais da região leste de Minas Gerais (Festa da fantasia, Expoagro, Expoleste, Campeonato Mundial de vôo livre, Fest Rock, Lual da IBIT, e também com o privilégio de dividir palco com vários artistas reconhecidos nacionalmente e internacionalmente fazendo abertura de shows como Marcelo D2 , Cidade Negra, Detonautas, Tribo de Jah, Paralamas do Sucesso, Wilson Sideral, Israel Vibration, Ponto de Equilíbrio e estando presente também em outras regiões do interior de Minas Gerais e na própria capital por inúmeras vezes . A Banda Quilombo esta sempre com o pé na estrada fazendo grandes shows pelo Sul da Bahia (Porto Seguro, Arraial d`Ajuda, Trancoso, Ilhéus, Itacaré e Itabuna) e em algumas praias do Espírito Santo..
Gravaram o álbum Quilombo - Roots Reggae (2007)..
---------------------------------------
http://quilombo-roots-reggae.conexaovivo.com.br/

segunda-feira, agosto 06, 2012

BRASIL/JAMAICA
















------------------------------------------------------------------
Na comemoração dos 50 anos de "música e fumaça" da Jamaica, o Brasil também precisa comemorar.A ilha comemora nesse 6 de Agosto de 2012 o Aniversário de 50 Anos de Independência,era que ela uma antiga colônia Inglesa,e antigamente pertenceu aos espanhóis,que a ´descobriram´ com o navegador Cristóvão Colombo. A Jamaica foi descoberta pela Espanha depois de Cristóvão Colombo ter chegado em 1494. Colombo usou a ilha como propriedade privada da sua família. Os ingleses conquistaram-na em 1670. Durante os primeiros 200 anos de domínio britânico, a Jamaica tornou-se o maior exportador mundial de açúcar, o que se conseguiu pelo uso maciço de trabalho escravo africano.  O excesso de zelo britânico no uso de escravos voltou-se contra eles, e no início do século XIX o número de negros era quase 10 vezes maior do que o de brancos. Seguiu-se uma série de revoltas e, em 1838, a escravatura foi formalmente abolida.  Ao longo dos anos que se seguiram, o grau de autonomia da Jamaica foi aumentando e, em 1958, a Jamaica passou a ser uma província de uma nação independente chamada Federação das Índias Ocidentais. A Jamaica saiu da federação em 1962 e é hoje uma nação totalmente soberana.  A deterioração das condições económicas durante a década de 1970 levou a um estado de violência endémica e à queda do turismo. Uma das antigas capitais da Jamaica foi Port Royal, onde se acoitava o pirata e posteriormente governador Henry Morgan. Foi destruída por uma tempestade e um tremor de terra, e Spanish Town, na paróquia de St. Catherine, que foi o local da antiga capital colonial espanhola e da capital inglesa durante os séculos XVIII e XIX.As conexões com a ilha que deu ao mundo o reggae, o ska e o dub começaram nos anos 1970.Dez músicas que o Brasil deve à Jamaica:
 De Caetano Veloso ao Digitaldubs, veja abaixo lista de dez exemplos de músicas que nós devemos à cultura jamaicana. “Nine out of ten” de Caetano Veloso. Do clássico “Transa”, não exatamente um reggae, mas a primeira menção a ele na MPB . "Negra Melodia” de Jards Macalé. Apresentado ao reggae em Londres, como Caetano, Macalé revencia Luiz Melodia e Bob Marley   “Vamos Fugir” - Gilberto Gil. Reggae para as massas, nessa gravação feita na Jamaica com os Wailers   “Hino de Duran” - Chico Buarque. Da “Ópera do malandro”, um inusitado mergulho de Chico no ritmo jamaicano   “Selvagem” - Paralamas do Sucesso. Dub pesado e com guitarras no disco mais reggae dos Paralamas.   “Eu sou negão” - Gerônimo. Um marco do reggae da Bahia, imortalizado pelo refrão: “Meu coração é a liberdade”  . “Falar a verdade” - Cidade Negra. O reggae da Baixada Fluminense saindo do underground   “Rastafará” - Ponto de Equilíbrio: O louvor rasta em mistura com o samba-enredo “Kizomba, a festa da raça” .  “O Guarani” - Orquestra Brasileira de Música Jamaicana. O clássico de Carlos Gomes em roupagem ska   “O Lucro” - Digitaldubs (com Mr Catra). A levada eletrônica do ragga se encontra com o funk..
 É realmente incrível pensar que uma ilha, pequena daquele jeito, tenha tido essa importância para a contemporanidade musical do planeta — diz Gilberto Gil, possivelmente o artista brasileiro mais associado ao reggae e aos ritmos da Jamaica, onde gravou, em 2002, o disco “Kaya n’Gand Daya”. — Mas a cultura musical do país é muito rica. E foi ela que nos deu Bob Marley, um talento extraordinário, um gênio que eu comparo a Tom Jobim e João Gilberto.
No Brasil, as conexões com a Jamaica, relacionadas pela primeira vez no começo dos anos 1970, por artistas como Caetano Veloso e Jards Macalé ,continuam à vista. Além de notórios relacionamentos — do samba-reggae, na Bahia, ao som das radiolas, no Maranhão , novidades não param de dar na praia. No Recife, o grupo Ska Maria Pastora, que debutou recentemente com o disco “As margens do Rio Doce”, liga o balanço jamaicano com o frevo, enquanto produtores como Bid vão ainda mais longe, aproximando baião e maracatu do ska e do dancehall, como no disco “Bamba dois”, gravado na ilha, com estrelas locais como Luciano e Sizzla
O reggae tem uma divisão rítmica parecida com a do forró, por exemplo. A diferença é que a gente usa triângulo, zabumba e sanfona, e os jamaicanos usam baixo e bateria para a marcação, diz Gil.  Mas são parentes muito próximos.Autor de “Não chores mais”, um clássico da fusão Jamaica-Brasil (versão de “No woman, no cry”, de Bob Marley), Gil completa:
 Reggae, ska, afoxé, xote, é tudo uma pulsação só..
--------------------------------
 http://oglobo.globo.com/cultura/o-jubileu-da-jamaica-5679645

domingo, agosto 05, 2012

CONFRONTATION

















 ----------------------------------------------------------
Reggae de Atitude, mas também o Rock, MPB, Rap e Pop são algumas das influências da Banda Confrontation. Com o primeiro cd lançado no início de 2005, "Crianças e Fuzis", com 9 faixas, vem conquistando grande público por todo Estado de São Paulo e em várias regiões do país. Suas composições tratam de temas como questões sociais, paz, amor, conscientização e respeito, que são apresentados de forma simples, sem apologias nem preconceitos. Banda paulistana formada em 2004, já dividiu palco com grandes nomes do Reggae como Natiruts, Tribo de Jah , Planta e Raiz, Edu Ribeiro e Edson Gomes, se apresentando em casas de grande porte como Estância Alto da Serra, Expresso Brasil, KVA e Kazebre Rock Bar entre outras. A banda vem se destacando também em emissoras de rádio, com suas músicas veiculadas e apresentações ao vivo em rádios de grande audiência como Jah Fm e 105 Fm. O CD "Crianças e Fuzis" de 2005 é um dos mais vendidos na principal loja de Reggae de São Paulo (Johnny B. Good), duas de suas faixas (Poesia de Jah e Já Rolou) estão inclusas em atuais coletâneas de Reggae, "Circuito Reggae vol. 7" e "As Melhores do Johnny B. Good". Atualmente a banda se encontra em turnê nacional divulgando seu atual trabalho.
MEMBROS:ALTINERA: voz e guitarra solo- ALÊ CHANTDOWN: - Baixo-PATTO COLETTA:- Bateria-MARCELINHO TOSH: -Guitarra rítmica.
--------------------------
http://www.myspace.com/bandaconfrontation/

sexta-feira, agosto 03, 2012

SANTA CRUZ






















 -------------------------------------------------------------------------
Santa Cruz é um cantor e compositor filho de Timbiras, interior do Maranhão.
 Muito bom o trabalho desse grande maranhense,que gravou bons discos como ´´A Riqueza´´,´´Positivo´´ e ´´Reflexão´´,com temas como Reflexão ,A Riqueza ,Sem Terra , O Reggae , Clemência , A Banda ,Velho Lú ,80 Km ,De Responsa,Queira , Livre ,Porto São José , Mercenário , A Companheira ,Maróca ,Te Amo ,Adoro Você ..
Esse artista maranhense é um dos grandes cantores e compositores referência do reggae no Brasil, sua musicalidade tem grande influência da MPB e das sonoridades afro-caribenhas ouvidas desde cedo na sua terra de origem. Com três álbuns lançados e mais de 15 anos de estrada, ´Felicidade´ é seu primeiro lançamento no circuito digital.O álbum reúne suas principais canções A Riqueza, Livre, Adoro Você, Te Amo e ainda as inéditas Maróca, Porto São José entre outras.
 -----------------------------
http://www.myspace.com/santacruzbr

quinta-feira, agosto 02, 2012

ARAWAKS .



















------------------------------------------------------------------
A Banda de reggae raiz Arawaks foi formada em 1999 em Pirenópolis, Goiás. A banda toca sómente músicas próprias com características originais e os integrantes tem uma missão de espalhar a palavra do Senhor e trasmitir mensagens rasta para todos. "O Rastaman vive a verdade segue sempre firme e forte!"
 Arawaks- Membros Araguaia Paranhos (Teclados),Diego Arawaks (Bateria ),Israel Arcanjo (Percussão),Lucas Karam (Baixo ),Pedro Karam (Voz) e Zé Krishna (Guitarra).
 Influências :Várias vertentes musicais que todos os integrantes possuem ,o que resulta num Reggae Raiz autêntico e original..A Banda Arawaks já dividiu o palco com grandes nomes da música e do reggae nacional assim sendo responsável pela expansão do reggae como movimento artístico-cultural no Brasil e pela sua solidificação no cenário Goiano. A Banda Arawaks tem um CD demo gravado com 6 músicas (A Vontade; Formiga; Há de Vingar; City Down; 1º Lugar; Abre Os Olhos), que está sendo divulgado em todo Brasil e até no exterior. Com um trabalho totalmente próprio os Arawaks vem lutando através da música por direitos iguais e justiça levando uma mensagem de paz, amor, esperança e o nome do Jah Rastafari por onde passam ...
-------------------------------------------
 www.myspace.com/bandaarawaks

quarta-feira, agosto 01, 2012

VIBRAÇÕES






















 ------------------------------------------------------------
Vibrações (ex Vibrações Rasta) é uma banda de reggae nascida na cidade de Maceió, no estado de Alagoas, no ano de 1998, que busca compor sua identidade a partir da junção do reggae original jamaicano com o hibridismo que compõe o cenário musical brasileiro, mais especificamente o nordestino. Com influências diversas, traz na bagagem a sua autenticidade na estrutura rítmica contagiante dos batuques afro-brasileiros e indígenas, nas letras de denúncia social, mescladas com o apelo urgente pela não-violência, baseada na paz, amor e justiça para com os desfavorecidos. Tendo em vista a exclusão e discriminação do nordestino e do povo negro, a banda busca através da confrontação dos padrões estéticos, musicais e regionais, uma forma de "territorização" dessa parcela da população brasileira, no sentido de fazê-la reconhecer-se e sentir-se inserida no meio através de uma cultura que a represente. Acreditando que, isso seja possível, através da exposição da herança racial, da música regional e do linguajar típico dos nordestinos, não só resistindo à esmagadora cultura de massa, como também enfrentando os ditames dominantes. Tendo seu trabalho divulgado no nordeste e centro-sul do país, a banda Vibrações teve o privilégio de dividir palco com artistas de alta qualidade, nacionais e internacionais, que exerceram forte influência aos componentes da banda, aumentando assim, o seu leque de referências. Sendo um marco no cenário musical alagoano, dando início a um movimento sólido e responsável, com o surgimento de várias outras bandas de reggae, a banda Vibrações une o entretenimento e desafia o pensamento crítico de seu público, constituindo uma forte banda no que se refere à qualidade musical e intenção libertadora de suas mensagens.
 Membros:Luiz de Assis - composições, voz e guitarra; Rodrigo (Sutiã) - guitarra solo e voz; Sidney Sena - contra-baixo e voz; Alexandre - teclados; Luciano (Pai-Véio) e Lucas Natureza - percussão;Raphael Coelho - percussão, João Paulo - bateria
---------------------------------
 por: Lwdmila Constant Pacheco
-----------------------------------
 http://www.myspace.com/bandavibracoes