Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

quarta-feira, julho 11, 2012

JAMAISCANA

 
 -------------------------------------------------------------------------
A Jamaiscana é uma das bandas pioneiras do reggae em Piracicaba SP, cidade onde ela nasceu. No começo do ano 2000, ainda com o nome de Positive Vibtration, seus fundadores Chris Lemos, Fabinho e Brandão começaram a difundir o ritmo jamaicano por lá. Com apresentações no formato acústico (violões e percussão) em bares e festas universitárias, em meio aos covers de Bob Marley, Peter Tosh e Steel Pulse, eles já apresentavam suas primeiras composições. Não demorou muito e logo se juntaram ao trio o baterista Vinícius “Gerema” e o produtor e músico Celso Rocha. Em 2001, já com o nome de Jamaiscana, a banda assina contrato com a gravadora Paradoxx Music de São Paulo e lança o seu primeiro CD com 10 faixas inéditas. Canções como “Da Ilha” e “Se me chamar eu vou”, marcaram presença em rádios do interior e capital trazendo ótimos resultados para a banda. Mais adiante, sempre na busca por uma identidade musical própria, o baixista Edson Figueroa, o tecladista André Grella, o trombonista Joelder, o baterista Maicon Araki e o vocalista Rapsódia, chegaram para integrar o ambiente sonoro da Jamaiscana. Nessa nova fase lançaram seu segundo disco, “Sobrevivendo”(2008) pelo selo piracicabano Apache Records, do amigo Celso Rocha. Nesse trabalho, 14 faixas repletas de mensagens positivas e de reflexões sociais, reafirmavam o comprometimento da banda com suas composições. A nova versão de “Se me chamar eu vou”, com a participação do cantor jamaicano Rick Chaplin, mixada no Tuff Gong Studios - lendário estúdio de gravação da família Marley - em Kingston na Jamaica, celebrava a seriedade e a qualidade com que a banda vinha trabalhando. O disco também trazia a regravação de “Oração Pela Libertação Da África Do Sul”, composição de Gilberto Gil, outra grande influência da banda. O reflexo de toda essa trajetória pode ser conferido a cada faixa do álbum, onde a Jamaiscana demonstra maturidade em uma linguagem musical particular, que não se prende a rótulos e a julgamentos que a mídia insiste em colocar sobre uma banda de reggae. Hoje, a paixão pelo ritmo contagiante vindo da ilha caribenha ainda caminha com essa galera. Seus integrantes seguem atentos ao universo musical que os cerca e o espírito de liberdade e de vibrações positivas se reflete em suas canções e em seus shows. 
--------------------------------
www.myspace.com/jamaiscana

2 comentários:

Dione Henrique disse...

Ainda existe a banda ?

Dione Henrique disse...

Ainda existe a banda ?